Índio é preso com 70 títulos de eleitor

Em Mato Grosso, um índio foi preso neste domingo por estar com 7o títulos de eleitor, registra o G1.

Ele alegou à polícia que votaria em nome de todos os membros de sua aldeia.

O ocaso de Maduro: vai sair ou 'ser saído'? Leia aqui

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 76 comentários
  1. Índio fraudador de eleições tem que pegar 12 anos, sem direito a progressão, em cadeia de segurança máxima na ilha da Trindade, tendo de sobreviver da natureza, como índio de verdade.

  2. Viram???Índio atualmente é isso aí!!!Vagabundos q se passam por índios,levam vida de civilizado e querem mordomias e ao mesmo tempo inimputaveis!!!Gente asquerosa!Tem q acabar com esses privilég

  3. Na próxima reformar eleitoral, eleitor tem que ter, no mínimo 21 anos e segundo grau completo! Se gente estudada não sabe votar, imaginem a porra de um índio ou um aborrecente de 16 anos!

  4. quem comprou todos estes votos? ele tinha setenta colas com ele? ou tem memória formidavél. A fraude eleitoral está no voto obrigatório e dos ignorantes que vendem seu voto por um apito ou bolsa

    1. vai nada. ìndio não vota? Não é brasileiro? Tem os mesmos direitos como cidadão? então q sejam tratados como brasileiros e os q querem manter suas tradições q o façam sem privilégios.

  5. Já não se fazem índios como antigamente. Antes queriam apito. Hoje, títulos de eleitor. Mas também pergunto: O tal índio tinha documentos de identidade de todos os membros da aldeia dele?

  6. se alguém tem dúvida sobre os poderes de um inimputável, é só observar o que o beiçola faz no stf …. e ninguém ouse a falar mal, os processos rendem milhões ….. nunca mais