ACESSE

Índios venezuelanos terão tratamento médico e documento para trabalhar

Telegram

Em texto publicado há pouco em seu site oficial, a Prefeitura de Manaus dá a diretriz de como vai encarar a invasão dos índios venezuelanos.

Arthur Virgílio Neto determinou que sejam priorizadas “ações emergenciais humanitárias”.

“Todos os órgãos e entidades do município estão em estado de alerta para atender as ações e atividades requeridas ou solicitadas”, registra o texto. “Estamos avaliando os possíveis locais que servirão para o abrigamento dessas pessoas. Temos todo um trabalho de monitoramento de entrada e saída das famílias de Manaus e agora, com o decreto, poderemos avançar mais no atendimento.”

Ainda segundo a Prefeitura de Manaus, “a Polícia Federal deve entrar nesse circuito para resolver a questão documental” dos indígenas. Muitos querem ficar no Brasil e conseguir um emprego para si e escola para os filhos.