Indulto não é nada: juiz alerta para o ‘libera geral’ em curso na Câmara

Em artigo na Crusoé, o juiz Francisco Codevila, titular da 15ª Vara Federal Criminal de Brasília, alerta para a proposta de Reforma Processual Penal em discussão na Câmara.

O projeto de lei, já aprovado no Senado, substitui penas de prisão por serviços comunitários e pagamento de cestas básicas, por exemplo, para mais de 30 crimes, entre eles roubo, estelionato, assédio sexual, corrupção e tráfico de armas.

“Se há problema no sistema carcerário, e de fato há, certamente a solução não é evitar o cárcere e expor ainda mais a sociedade ao contato com o criminoso. No limite, chegaremos ao abolicionismo penal, como forma de evitar o encarceramento”.

Leia o artigo completo abaixo:

O risco do abolicionismo penal

 

 

O "velho Brasil" contra-ataca a Lava Jato e Sergio Moro. Entenda AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Vários golpes no Congresso. Câmara aprovou e já enviou para o Senado projeto que muda Lei das Estatais (PL 6621/2016). Mudança passa a permitir indicação de políticos para cargos nas estatais.

Ler mais 76 comentários
  1. Vários golpes no Congresso. Câmara aprovou e já enviou para o Senado projeto que muda Lei das Estatais (PL 6621/2016). Mudança passa a permitir indicação de políticos para cargos nas estatais.

  2. zero chance disso entrar em vigor, o recado nas urnas foi claro…por essas e outras grande parte desse senado foi trocado…agora, a imprensa divulgou quando isso entrou em votação no senado?…a p

  3. O autor de um projeto deste só pode ser um alienado da realidade brasileira, deve se deslocar de carro blindado, de avião da Fab, pois assim não ha risco a sua segurança, agora nós os pobres mort

  4. Não vai ser possível combater o sistema de governo autocrático dentro de um Estado de Direito! Atitudes extremas não são combatidas com moderação.para faxina geral há que se quebrar algumas re

  5. Não é possível que tenhamos, enquanto sociedade, de engolir mais esta barbaridade deste Congresso inepto e apátrida, constituído, em sua maioria, de bandidos travestidos de representantes do povo

  6. A construção acelerada de penitenciárias para abrigar bandidos travestidos de políticos contribuiria para o pleno emprego. E desafogaria as já existentes, para gáudio dos que adoram HC.

  7. Mas aí vai depender do Presidente Bolsonaro sancionar este absurdo. E isto ele jamais fará! Ainda tem mais, no próximo ano a câmara estará muito mudada. Boa parte dos safados estão fora!

  8. Aviso: leiam BANDIDOLATRIA e DEMOCÍDIO. Ali vemos que a influência Luigi Ferrajoli no Direito Penal ocasionou esse estrago. Não é só o STF o problema: é toda a crença do Poder Judiciário. Leia

  9. Uns cinco anos de pena de morte também aliviariam o sistema carcerário…… estupro, tráfico de drogas, homicídio, latrocínio, corrupção e uns outros mais…… a pena de morte aliviaria

  10. Liberado geral já está! O STF garante impunidade total aos políticos! Vejam Maluf em casa vendendo sua adega, Dirceu passeando e lançando seu livro, Collor, Renan , Sarney, Lobão e muitos outros

    1. Quatro anos de Lava.Jato, nenhum sequer prestou depoimento. Não satisfeitos ainda atrapalham o trabalho de Moro/Bretas. São cúmplices.

    1. FHC é responsável pelo glamour de Renan, outra obra sua. Renan, acreditem, foi Ministro da Justiça de FHC. Smbos criticam Sérgio Moro.

    1. A sociedade de bem nessas eleições surpreendeu positivamente. Lamentavelmente alguns (Renan…) escaparam, porém mais uma porrada dessa a gente limpa essa pocilga.

  11. Essa gangue do STF e do CN me lembrou um livro, Vigiar e punir, de Foulcault, cujo castigo citado era amarrar a pessoa atrás da carroça e dar voltas na praça. Olhem o que vocês despertam em nós!

  12. A canalhice sempre atuante dá mostras que pretende explodir o país. O sistema não aceita sermos melhores, fazem o que podem pra tudo continuar piorando e se manterem poderosos. Estão fazendo o dia

  13. Se os juízes querem mesmo botar ordem na casa, eles tem q se sentar com os representantes do Povo e elaborar novas leis sem brechas q permitam a malandragem de se impôr…!! Mexam-se , juízes….!!

    1. Sao brasileiros sim – mas vivem no exterior, com despesas pagas por facções criminosas, comandadas por traficantes bilionários daqui e do exterior!

  14. Pra ficar na impunidade, esses desgraçados votam até na passagem do dia 31 de dezembro para 1 de janeiro. São uma gente de baixo nível, completamente sem moral e respeito ao povo brasileiro.

  15. Só dissolvendo o supreminho e o congresso! 90% destes malditos na penitenciária comum! Que trabalhem quebrando pedras para poderem almoçar e deixem o Gilmar na cozinha para que ele envene a todos!

  16. Até o dia 31 de dezembro, essa cambada de bandidos sem vergonha vai tentar de tudo pra ficar na IMPUNIDADE! E com a ajuda do STFCRIM. Só um cabo e um soldado não irá dar conta dessa cambada não.

  17. A nação têm que se levantar em e retirar pela força esses bandidos que nos desgovernam.Isso não é democracia, é uma cleptocracia cheia de marginal das mais variada espécie. Estamos todos em gu

  18. A nação têm que se levantar em e retirar pela força esses bandidos que nos desgovernam.Isso não é democracia, é uma cleptocracia cheia de marginal das mais variada espécie. Estamos todos em gu

  19. A nação têm que se levantar em e retirar pela força esses bandidos que nos desgovernam.Isso não é democracia, é uma cleptocracia cheia de marginal das mais variada espécie. Estamos todos em gu

  20. Sinceramente, eles radicalizam na impunidade de lá do Congresso Nacional e do STF e nós temos o direito de radicalizar tb. Essa corja merece um monte de balas nas fuças imundas q possuem.

    1. Esses malditos meliantes despertam o pior que pode haver num ser humano, a vontade de matar um por um. Nunca dei 1 tiro na minha vida, mas a vontade é enorme! Deve ser o vento da “pacificação”.

  21. Existe um grupelho do mal que sob imumeros pretextos querem a liberacao do crime mesmo contra milhoes de brasileiros que se sentem cada vez mais indefesos. E hora de por essa orcrim pra correr.