A influência política de Fernandinho Beira-Mar: 9 pessoas nomeadas

Durante uma visita de sua mulher, Jacqueline Moraes da Costa, à cadeia, em 3 de março de 2017, o traficante Fernandinho Beira-Mar fez menção aos cargos conseguidos para sua filha Thuany Moraes da Costa, nomeada pela atual vice de Anthony Garotinho para a Câmara Municipal de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, registra O Globo.

Beira-Mar também se referiu à sua sogra, Edite Alcântara Moraes, indicada como assessora no gabinete do então vereador Ailton Abreu Nascimento, o Chiquinho Caipira.

“A sua mãe vai ficar com esse emprego para ela, e o da Thuany, eu arrumei um de cinco mil e quinhentos, que vai ficar com a Thuany lá. Esse aí já tá resolvido, já tá certo já. Só tá faltando a documentação chegar pra cá. Porque eu não sei se você entendeu, mas eu quero fazer da sua mãe a mesma coisa que você fez com seu tio. A aposentadoria da sua mãe”, disse Beira-Mar.

Nove pessoas ligadas a Beira-Mar foram nomeadas por quatro diferentes vereadores para cargos na Câmara, de acordo com a investigação da PF.

O valor total de todos os salários pagos a eles foi de mais de R$ 1,2 milhão.

Em depoimento à polícia, Leide alegou que não tinha conhecimento do parentesco de Thuany e Nicole Cecília da Silva Monteiro, companheira de um sobrinho de Beira-Mar, com o traficante; e que as indicações foram feitas por André Quintanilha, segundo suplente de vereador pelo PRB e marido da irmã de Beira-Mar, Alessandra da Costa, que é advogada.

PF mira vice de Garotinho por nomeações ligadas ao traficante Fernandinho Beira-Mar

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Na bandidagem do Rio o buraco é mais em cima. Fica evidente que o tráfico é um cabo eleitoral gigante no Estado. Como disse o General: só o Exército trabalha no Rio. O resto assiste ao pesadelo.

Ler mais 33 comentários
  1. Na bandidagem do Rio o buraco é mais em cima. Fica evidente que o tráfico é um cabo eleitoral gigante no Estado. Como disse o General: só o Exército trabalha no Rio. O resto assiste ao pesadelo.

  2. É impossível o trafico de DROGA não ser comandado pela politica brasileira. Vejam o caso do HELICÓPTERO que a PF encontrou com 400 Kg de droga.Alguém acha que o piloto tinha cacife para tanto??

  3. O Brasil já se transformou em narcoestado há muito tempo, todos comemos mosca achando que vivíamos em uma “democracia”. Olha o resultado aí: um país falido econômica, politica e moralmente…

  4. Como não sentir nojo de tudo isso? Os políticos, com raríssimas exceções, não só desviam ilicitamente o que arrecadam, como também servem as facções criminosas. Por quê? Em troca do quê? N

  5. O Rio de Janeiro é o ponto do domínio político do Crime Organizado. Logo chegarão à cúpula de Brasília, se é que já não estão por lá! S.Paulo é a matriz do PCC e Alckimin colocou a band

  6. Q providencias as tais “instituições” br vão tomar para esse caso de POLÍCIA. Estamos estupefatos com mais esse tapa na nossa cara, na cara dos contribuintes. Essa união bandido/política tem q

  7. E a PF prova, assim, que Fernandinho Beira-Mar é EXATAMENTE como Lula! Que Beira-Mar é Lula e Lula é Beira-Mar! Seriam TODOS de imediato exonerados se os políticos do Rio não fossem criminosos!