Eike: as datas não batem

Como dissemos antes, Eike Batista afirmou ao MPF que o relatório de João Santana para justificar os R$ 5 milhões só chegou às suas mãos no final doano passado. Mas o documento entregue à Lava Jato – se for o mesmo – indica a data de 10 de janeiro de 2013.

Eike precisa explicar melhor essa questão à Lava Jato. Ou João Santana e Mônica Moura.