Inquérito contra Kassab vai para a Justiça Eleitoral

Alexandre de Moraes, do STF, mandou à Justiça Eleitoral de São Paulo a investigação com base na delação da JBS envolvendo Gilberto Kassab.

O ministro pontuou que o presidente do PSD não é mais ministro de Estado e levou em conta o recente julgamento no Supremo que decidiu que casos de crimes comuns relacionados a caixa dois, por exemplo, devem ser remetidos à Justiça Eleitoral.

Em delação, Wesley Batista afirmou que Kassab recebeu mesada de R$ 350 mil entre 2010 e 2016.

Comentários

  • Vânia -

    Ministro sem vergonha, cara de pau! Vendido, vagabundo.

  • OPJ -

    Kassab deve estar da do uma festinha para comemorar a sentença.

  • MARIO -

    Se o SS-TF, através do dirigente supremo assim definiu, definido está!

Ler 52 comentários