Inquéritos ocultos, forças ocultas

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, quer que o STF retire o sigilo dos inquéritos contra políticos envolvidos no Petrolão — o máximo possível, segundo ele. Estamos de acordo. Mas o nosso máximo é mais elástico do que o de Rodrigo Janot. Queremos também que sejam abertos os inquéritos ocultos que serão conduzidos pelo tribunal.

Pouca gente sabia da existência dessa estrovenga — inquéritos que, de tão secretos, não constam em nenhum registro do STF e são impossíveis de acompanhar.

O Antagonista não fez Direito por correspondência, mas acha que inquérito oculto serve menos para proteger eventuais inocentes do que para ser abafado por forças ocultas.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200