Instituto Lula lavou propina da Odebrecht

Marcelo Odebrecht explicou ao juiz Sergio Moro que doava formalmente ao Instituto Lula, “mas o valor era debitado da conta Italiano”.

Os recibos do Instituto Lula, de fato, foram encontrados com Fernando Migliaccio, operador do departamento de propinas da empreiteira.

 

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ler mais 6 comentários
    1. A alma viva mais honesta do Brasil não tem nada a temer mas por precaução, entra sempre com uns pedidos de habeas corpus e, enquanto isso, vai enrolando nossos irmãos do norte e nordeste !

    2. E o Corrupto está aqui em São Luís se dizendo inocente,a máquina pública do governo e da Prefeitura estão a todo vapor com Dinheiro Público para pagar ônibus e periferias arrastando pessoas.

    3. Esse café requentado já está azedo, aliás, essa pantomima é dispensável, Moro já provou que não precisa de muita armação para condenar Lula, qualquer confissão de bandido vale, ainda que obtida sob coação. Antes, no entanto, aquele juiz precisa explicar as suspeitas e impedimentos que recaem sobre a atividade dele no juizado de Curitiba, incluindo declarações de outros bandidos.