Instituto Lula panicou

Lauro Jardim:

“Assessores do Instituto Lula entraram em pânico no domingo à noite, acreditando que hoje seriam alvo de uma operação da Polícia Federal.

Assessores acionaram petistas de diferentes estados por meio do WhatsApp afirmando que hoje a PF faria uma busca e apreensão na sede do instituto.

Nas mensagens, pediam que a militância estivesse preparada desde cedo para reagir à “tentativa de criminalização do presidente Lula“.

Não foi dessa vez.”

Isso já está ficando divertido.

Faça o primeiro comentário