Inteligentes e torturados

Andréia Sadi também perguntou ao ministro da Saúde, Ricardo Barros, se ele é do grupo que acha que a prisão de Paulo Maluf foi exagerada.

A resposta:

“Estou concordando com o ministro Gilmar [Mendes] de que o uso da condução coercitiva estava totalmente fora da regra legal. E que não é possível manter pessoas presas sem serem acusadas, temos pessoas há meses presas sem serem acusadas. É uma tortura, uma ação evidente de coação à pessoa que está lá envolvida para forçar uma delação. Agora nós estamos conseguindo decisões boas de que a palavra só do delator não vale. Porque o cara, para sair da cadeia, fala qualquer coisa.”

Leia também:

Todos inteligentes

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Desculpe, “digníssimo” ministro. Vocês não são inteligentes, vocês são expertos! Tão expertos que ignoram uma pergunta clara, feita pela jornalista….

Ler mais 29 comentários
  1. Desculpe, “digníssimo” ministro. Vocês não são inteligentes, vocês são expertos! Tão expertos que ignoram uma pergunta clara, feita pela jornalista….

  2. Deixa ver se entendi o que o nosso ministro falou: o cara pra sair da cadeia fala qualquer coisa. Então, se infere que se ele não for preso ele não vai falar coisa alguma. Ora, se ele que roubou, corrompeu, escondeu, lavou, e não entregar nada fica tudo como dantes no quartel de abrantes. Conclusão: o cara quer que se implante a anarquia, o caos, com todos que tiverem acesso a cargos e verba pública metendo a mão a mais não poder. Tá parecendo com a situação do molusco quando lamentou, semanas atrás, que político eleito não podia ser preso por ter roubado dinheiro público. É A ZONA TORNADA POLÍTICA OFICIAL!!! E o cara é ministro…

  3. Está corretíssimo, o problema não é defender se a prisão preventiva ou cautelar deixou um bandido solto antes de ser condenado, mas sim de preservar e evitar que inocentes tenham suas vidas e carreiras políticas e/ou empresariais destruídas.

  4. O discurso contra a lava jato esta na ponta da língua mesmo.
    Agora responder a questão do Maluf objetivamente NADA!!!
    Pode prender este aí também pela solidariedade, quem defende bandido tbm é bandido!

  5. Você pergunta uma coisa pro sacana; ele recita o que lhe mandaram falar para atacar o Ministério Público. Nem te ouviu!
    Pô Barros! Deixe de ser um barro.

  6. Enquanto o Brasil continuar com essa mania de achar, em pleno velório, que todo defunto se iguala, Os vivos vão continuar a dar a mínima a ÉTICA, a MORAL, as LEIS de Deus e do Pais. porque ao final e ao cabo todos os que partirem serão considerados Santos e o pior, se ainda antes de partir, mas atingir a fragilidade fisica e serem condenados pelas leis a cumprir pena, também serão dignos de pena, esta, no sentido, de comoção. Assim não dá, assim não pode. Até parece que estão prevendo que uma hora dessas serão , essas pessoas que hoje sentem penas, estão com receio de serem também enquadrados. Né seu Barros. pare de fazer barro.

    1. Nosso o escambau. A justificativa de retirar um safado pelo risco de entrar outro safado é pífia. É remover todos. Conforme os fatos se apresentarem.

  7. Foi inventado um mantra pelo GM chefe de todos os três poderes para ser repetido por todos os criminosos do colarinho branco, criticando as ações do MPF e dos juízes de 2 instância que agem em favor do país para acabar com a corrupção generalizada. Isto só poderia ser inventado por alguém leniente com a corrupção como disse o min Barroso.

  8. Esse “probo” cidadão é aquele que alugou do seu comparsa Paulo Octávio, um prédio sem licitação para o ministério da saúde pela “bagatela” de R$ 31 milhões anuais.

  9. Esse aí ainda acredita no ditado : “Quadrilha unida jamais será vencida!”, mas não contavam com o fator Moro e Bretas…além, é claro da PF e MP…

  10. Esse crápula esquece o tempo que o seu parceiro Maluf ficou protegido pela corja da justiça; convenientente se esquece que todo canalha com acordo de delação tem de provar o que delata!!!! Acordem brasileiros!!!

  11. “Porque o cara, para sair da cadeia, fala qualquer coisa.”
    Ministro também – pra ficar bem na fita, na moral, mermão! – fala qualquer coisa…

  12. Atenção !!!! Ministros do STJ, segundo o Ministro da saúde, o Supremo não pode mais dar sentença antes do recesso? É proibido.

  13. Coitado do Maluf! Não tem nem cinquenta anos que o processo dele está sendo procastinado de instância em instância e o que ele roubou não chegou nem a 1 bilhão! (será que chegou?)

  14. ainda não foi preo por que????Tem alguém do Partido da Propina (PP) que merece estar livre?????????Para provar só com o teste com o Detector de Mentiras???????//////?????????

Os comentários para essa notícia foram encerrados.