“Intenção de manter o diálogo”

Na única nota divulgada desde o início da invasão dos baderneiros, a Reitoria da UnB diz que há “a intenção de manter o diálogo com os estudantes e assegurar o livre acesso dos servidores, sem constrangimento, aos seus locais de trabalho”.

Processos administrativos considerados essenciais, como nomeações de servidores, bolsa de alunos para pesquisas, licitações e compras estão comprometidos.

Faça o primeiro comentário