A ‘intensa agenda’ de Bolsonaro

O presidente eleito Jair Bolsonaro usou sua conta no Twitter para dizer que suas propostas serão diferentes das de governos anteriores.

“Minutos após a vitória nas eleições iniciamos uma intensa agenda com propostas para fazermos diferente de tudo que governos anteriores fizeram, desde planos para fomentar a economia, mas principalmente, resgatar a confiança do brasileiro e do estrangeiro em nosso Brasil”.

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 44 comentários
    1. Exato, Juscelino : precisando, nós voltaremos às ruas do país. Desta vez, em APOIO ao presidente eleito … por nós. Ok, Cino ?

    2. Errado Cino. Só terá de conversar com o povo que agora sabe que é ele que detém o poder de por e tirar quem não trabalha pelo país. “We the People…”

    3. Só vai ter que conversar com os senadores do Mdb, Psdb, Psb, Rede que junto com o PT tem a maioria na casa… justamente os partidos que o Mito diz ser de ladrões.

    1. Sabe que é uma boa referência? Se a mídia e o PT dizem para fazer, não faça. Se dizem que não dará certo, ponha em prática imediata.

  1. Uma das principais mudanças já implementada, é a comunicação direta do presidente c/ o povo sem intermediários, transparência é essencial, nos o povo, verdadeiro dono do país, exigimos ser in

  2. Nunca pensei que diria isto, mas comecei a acreditar na possibilidade de um outro Brasil, mais seguro, mais justo, mais igual.Obrigado, Presidente Bolsonaro, por me fazer acreditar novamente!!!!

  3. Para quem ainda tem limitações físicas, Bolsonaro está indo melhor do que eu esperava. A próxima semana será de encontros com Temer, Toffoli, Sensdo, Câmara, e time sendo escalado. Boa sorte.

  4. Capitão sugiro reduzir custos das máquinas demitindo dezenas de milhares de servidores fantasmas ociosos e desnecessários que psdb pt pó psdb e outros enviaram num conchavo vergonhoso.

    1. Calma, que o próximo ano primeiro da nova administração não vai ser pacífico. Calma, e nós junto dando APOIO. Precisando, voltaremos às ruas.

    1. Muito IMPRUDENTE, temerário, nossos inimigos são solertes. Brinque com nossa sorte, não, Presidente eleito. A sorte é a NOSSA. Caramba, sossega em casa, sô.

  5. Ontem, andando pela Paulista minha esposa, Rosa, comentou que se percebia um clima de tranquilidade, as pessoas pareciam aliviadas. O Presidente é um homem livre de amarras, essa é a diferença…