Intervenção em horário comercial

O Antagonista ligou para o Clube Militar, no Rio, para perguntar se a entidade apoia o grupo de manifestantes que invadiu a Câmara clamando por um general.

Pediram para ligar em horário comercial, pois o expediente já se encerrou por hoje.

Faça o primeiro comentário