Intervenção no Rio reduziu índices de roubos e homicídios dolosos, diz general

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, general Richard Nunes, que ocupa o cargo desde fevereiro de 2018, quando começou a intervenção federal no estado, apresentou à Band News índices de redução da criminalidade em outubro, em comparação ao mesmo período de 2017. Exemplos:

– Diminuiu em 33% o número de roubos de carga e a estabelecimentos comerciais;

– Diminuiu em 22% o número de homicídios dolosos, quando há intenção de matar.

Em relação aos frequentes tiroteios em favelas durante operações, Richard Nunes disse que este não é o cenário ideal, mas que em alguns casos o confronto é necessário.

Sobre a reestruturação das Unidades de Polícia Pacificadoras, o general afirmou que a substituição de algumas UPPs por companhias destacadas na entrada das favelas será capaz de reorganizar o efetivo de PMs em benefício da população.

Um lobista pode causar dor de cabeça a Bolsonaro. Mas nenhum grande jornal contou isso para você ainda. LEIA

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 4 comentários
  1. Boa Tarde. Poderiam falar para o general que a intervenção criou um B13 um bairro onde o crime toma conta no caso uma regiao chamada baixada fluminense. Aqui em duque de cxias virou refugio de tod