ACESSE

Interventores no Rio criticam proposta de Witzel

Telegram

Os generais Richard Nunes e Walter Souza Braga Netto –respectivamente, secretário da Segurança e interventor federal no Rio– criticaram a proposta do governador eleito Wilson Witzel de acabar com a Secretaria de Segurança.

“Nos preocupa muito [a extinção da secretaria]. Nosso entendimento é que, se a Secretaria de Segurança fosse desnecessária, nós teríamos feito isso. Se não fizemos, é porque não entendemos assim”, declarou Nunes, segundo o UOL.

O secretário argumenta que extinguir a pasta causaria dificuldades administrativas, de integração de inteligência e de realização de operações.

Braga Netto, por sua vez, afirmou que todo o legado da intervenção foi planejado com base na existência da secretaria.

Em sua campanha, Witzel propôs acabar com a Secretaria de Segurança e substituí-la por um gabinete ligado ao governador, no qual os chefes das polícias Civil e Militar teriam status de secretários.

Joice Hasselmann, a deputada do barulho quer ser a capitã do governo. Leia AGORA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 19 comentários