Investigado por lavar dinheiro para André do Rap, do PCC, apaga foto com Bolsonaro

Investigado por lavar dinheiro para André do Rap, do PCC, apaga foto com Bolsonaro
Reprodução/Instagram/Fredy Restrito

Fredy da Silva Gonçalves Bento, investigado pela Polícia Civil por suspeita de lavar dinheiro para André do Rap, integrante do PCC, apagou do Instagram uma foto com o presidente Bolsonaro.

Fredy e Bolsonaro jogaram futebol no evento beneficente Natal Sem Fome, na última segunda (28), em Santos (SP). Segundo reportagem do UOL, eles jogaram em partidas diferentes.

Em nota à imprensa, o GSI informou que o evento não foi organizado pela Presidência, e que o gabinete não é responsável pela agenda do presidente nem tem poder de polícia.

A Polícia Civil começou a investigar Fredy por lavagem de dinheiro em junho de 2019, depois de prender um homem acusado por tráfico de drogas. Com ele foram apreendidos 14 celulares.

Em uma das linhas, havia o contato de Fredy e de outras pessoas acusadas de envolvimento com o PCC.

Fredy foi ouvido pela Polícia Civil em 24 de junho de 2019. Negou conhecer André do Rap e também afirmou que jamais cometeu crime de lavagem de dinheiro.

Leia mais: Em pouco mais de um mês no STF, o ministro Kassio Marques se alinha à ala anti-Lava Jato.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO