ACESSE

Investigadores não descartam uma futura delação de Queiroz

Telegram

“Os investigadores que vinham trabalhando no caso Fabrício Queiroz monitoram o estado de espírito do ex-assessor de Flávio Bolsonaro e amigo do presidente Jair Bolsonaro”, diz a Crusoé.

“Até o momento, eles não levam a sério as especulações sobre um possível interesse de Queiroz em negociar uma delação premiada. Mas acreditam que não é uma possibilidade a ser descartada para o futuro, especialmente quando ele se der conta de que o amontoado de provas colhidas até agora é suficiente para deixá-lo na cadeia por anos a fio”.

Leia aqui.

Leia mais: O PGR age para blindar Bolsonaro? Clique aqui para ler na íntegra

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 35 comentários