Irmão de Geddel firme com Temer

Telegram

Lúcio Vieira Lima compareceu ao plenário da Câmara para votar pela derrubada da segunda denúncia contra Michel Temer, registra O Globo.

Há nove dias, o gabinete de Lúcio na Casa foi alvo de uma operação da PF. Ele é acusado de envolvimento com os R$ 51 milhões apreendidos no bunker da propina em Salvador –as digitais de seu secretário Job Brandão foram identificadas no dinheiro.

“Busca e apreensão não são demérito para ninguém. Continuo exercendo meu mandato. Tanto que estou aqui dando o meu voto”, disse o irmão de Geddel, preso na Papuda e acusado de ser o dono do dinheiro do bunker.

 

Comentários

  • Vitoria -

    A imprensa denuncia compra de votos. Se Michel Temer distribuiu 12 bilhões para votação a favor do relatório que livra o de investigação no STF, ele venceu e o Bradil perdeu. É a orfandade e desesperança.

  • Coriolano -

    Tá, e daí ? O PT em peso vai votar contra . Vocês vão dar uma medalha para eles? Vão votar neles pela honradez dos propósitos ? Vão perdoar todos os seus pecados ?

  • MAFRA -

    NUM LUGAR CHEIO DE LADRÕES LÚCIO E SÓ MAIS UM, NO CONGRESSO NINGUÉM TEVE PEITO PARA ABRIR UMA RECLAMACAO NO CONSELHO DE ÉTICA, O CRIME ORGANIZADO DOMINA GERAL...

Ler 12 comentários