Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Irmãos Weintraub recuperam-se de 'casos graves' de Covid

Abraham e Arthur Weintraub, promotores das imposturas bolsonaristas sobre a Covid, tiveram os pulmões comprometidos por cepa agressiva do vírus
Irmãos Weintraub recuperam-se de casos graves de Covid
Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) realiza audiência com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, para prestar informações sobre problemas na realização do Enem e para tomar conhecimento dos programas a serem implementados pelo Ministério. À mesa, em pronunciamento, ministro da Educação, Abraham Weintraub. Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Arthur Weintraub, que comandou o gabinete paralelo da cloroquina, está se recuperando de um caso grave de Covid, assim como seu irmão Abraham Weintraub, que também promoveu as imposturas bolsonaristas sobre o vírus.

Eles moram nos Estados Unidos desde o ano passado, quando Jair Bolsonaro afastou-os do governo e acomodou-os em cargos bem remunerados no Banco Mundial e na OEA.

Abraham Weintraub disse nas redes sociais:

“A gente pegou Covid, uma cepa bem agressiva, não foi a normal, aparentemente foi essa nova e inclusive o Arthur, eu, as nossas esposas, inclusive as crianças pegaram. Eu e o Arthur fomos os casos mais graves pelo perfil da doença: homem adulto. Tivemos o pulmão comprometido.”

Arthur Weintraub explicou que eles não foram vacinados:

“Eu não achei que fosse Covid, de início estava tranquilo, era uma febre alta. E aí, quando eu vi, não tomei, não se pode tomar vacina com o risco de estar com Covid. Isso foi no começo de maio. Foi no dia 12 de maio. A gente não pôde tomar e ficamos com a doença. A gente está se recuperando ainda, não está 100%, mas a gente agradece todo mundo que ajudou.”

Eles tomaram cloroquina ou seguiram as ordens do médico americano?

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO