A ironia de Delgado

Julio Delgado pede que a oitiva dos advogados dos acusados seja dispensada.

Para ele, depois da leitura do parecer de Bonifácio de Andrada, não é preciso mais qualquer defesa.

Rodrigo Pacheco diz que a fala das defesas está mantida.

2 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200