Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Irritado com vazamento de relatório, Aziz diz que ninguém é “dono da verdade”

O presidente da CPI da Covid afirmou em entrevista à Globo News que "está tudo bem" e que G7 precisará conversar para chegar a consenso
Irritado com vazamento de relatório, Aziz diz que ninguém é “dono da verdade”
Foto: Pedro França/Agência Senado

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), deixou claro hoje o descontentamento com o vazamento de informações do parecer do relator da Comissão Parlamentar de Inquérito, Renan Calheiros (MDB-AL).

“É do conhecimento do relator e de várias pessoas membras, principalmente do G7 que tinha divergências e que [Renan] iria ser convencido em relação a genocídio. É de conhecimento dele. Ele não vazou esse relatório sem saber que a gente queria discutir essa questão. Então, se você me perguntar se está tudo bem. Não, não está tudo bem”, disse Aziz (foto) há pouco em entrevista à GloboNews.

“O que ficou acordado é que nós teríamos uma reunião hoje [segunda-feira] ao final da sessão e depois dessa sessão nós chegaríamos a um acordo para chegar na votação do relatório mais ou menos, está certo? Ia haver divergência? Ia. Mas unificado. E não a imposição de um relatório achando que alguém é dono da verdade a essa altura do campeonato”, complementou Aziz.

Ao longo do final de semana, trechos do parecer do relator vazaram para a imprensa. E algumas divergências entre os senadores ficaram absolutamente claras. Entre as quais, a inclusão de Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) na lista de indiciados; o número de crimes imputados a Jair Bolsonaro; o capítulo sobre genocídio nas comunidades indígenas e a inclusão de ministros como o da Defesa, Walter Braga Netto.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....