Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Itamaraty alertou para 'riscos políticos' de não aderir ao Covax Facility

A proposta de adesão do Brasil ao consórcio global de vacinas sofria resistência do Ministério da Saúde
Itamaraty alertou para riscos políticos de não aderir ao Covax Facility
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A negligência do governo Jair Bolsonaro em relação à aquisição de vacinas contra Covid já tinha sido objeto de alerta do Itamaraty em uma reunião ocorrida em agosto do ano passado, no Palácio do Planalto, diz a Crusoé.

A proposta de adesão do Brasil ao Covax Facility, consórcio global de vacinas liderado pela OMS, sofria resistência do Ministério da Saúde, então comandado por Eduardo Pazuello.

Documentos internos obtidos pela Crusoé atestam que, na oportunidade, o Itamaraty “destacou os riscos políticos e sociais de uma possível não adesão à Covax”.

Leia aqui a íntegra.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO