Itaú explica a eleição para os gringos

O Itaú preparou para investidores estrangeiros um documento de 89 páginas, em inglês, explicando o que Woody Allen chamaria de “tudo o que você sempre quis saber sobre a eleição naquele país exótico, mas tinha medo de perguntar”.

O texto, ao qual O Antagonista teve acesso, inclui um cronograma eleitoral –chamando a atenção para jabuticabas como o voto obrigatório–, um perfil do eleitor brasileiro, os resultados da eleição presidencial passada e os cenários das pesquisas do Datafolha e do Ibope, entre outros itens.

E uma lista de possíveis candidatos: Lula, Fernando Haddad, Geraldo Alckmin, João Doria, Jair Bolsonaro, Ciro Gomes, Marina Silva e João Amoêdo, do Partido Novo. Mais Luciano Huck e Joaquim Barbosa –ambos “sem partido”.

Henrique Meirelles não consta da lista.

 

 

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 13 comentários
  1. Esqueceram de incluir a SMARTMATI ?
    Contaram sobre a contagem de votos POR TOFFILI – SOZINHO – E SEM A OPÇÃO DE RECONTAGEM ?
    Falaram que o “horário de verão ” foi o fator mais importante para que os 10 funcionários TRANCADOS NUMA SALA DO TSE contassem os “votos” ?
    Isso, tenho certeza que o Itau não contou pra os americanos, não ?

  2. O Itaú explica que político brasileiro não vive sem propina. E que o Voto Obrigatório + Urna Eletrônica + o exército evangélico distorcem o resultado final, quem explica isso?

  3. Ahh foi o Itaú, é?
    …e fez o documento ilustrado com figuras para os gringos entenderem?
    Colocou figuras de crianças tocando em homens pelados também?
    Porque a política no Brasil também não deixa de ser uma VERGONHA PATROCINADA.

  4. Já explicou que o povo brasileiro não confia na legitimidade das eleições por causa das urnas eletronicas, já explicou que as pesquisas são falsas e encomendads e que sociedade brasileira ainda não tem candidatos porque os que se apresentaram até agora foram escolhidos pela quadrilha que governa o país? E como todo banco brasileiro esse banco participou ativamente da quadrilha roubou e que continua roubando o país.