Já é Natal no Equador, Lula!

O Ministério Público do Equador cumpriu mandados de busca e apreensão nos escritórios da Odebrecht em Guaiaquil, em busca de evidências sobre os US$ 33,5 milhões pagos em propina a autoridades do governo.

Foram apreendidas 23 pastas com papéis, três livros e 23 cadernos, além de dois CDs e quatro computadores portáteis. A Procuradoria local também solicitou assistência penal a Estados Unidos, Brasil e Suíça.

Faça o primeiro comentário