Já passou da hora de Lula pagar por algo

Lula é um espanto em matéria de, sejamos delicados, confusões imobiliárias.

Como publicamos mais cedo, a Lava Jato descobriu, na sexta feira, que Lula ocupa as coberturas 121 e 122 do edifício Hill House, em São Bernardo do Campo.

Só que a cobertura 121 pertence, nominalmente, a um primo de José Carlos Bumlai — o mesmo primo em cujo nome estava registrado o escritório ocupado por Lulinha e Luleco.

O síndico do prédio disse, ainda, que Lula possui um terceiro apartamento no Hill House.

Pois bem, revisitando reportagens publicadas quando Lula era presidente, em 2008, deparamos com a informação de que, entre 2003 e 2007, o PT arcou com o condomínio da cobertura 121, quando a sua proprietária nominal era Elenice Silva Campos, usando dinheiro recebido do fundo partidário.

Depois, o condomínio e o aluguel do apartamento passaram a ser pagos pela Presidência da República, sob o argumento de que o imóvel era ocupado por seguranças do então presidente. Mentira: a cobertura 121 já era moradia da família de Lula.

O PT perdeu o direito ao fundo partidário por bancar as despesas da cobertura 121? Não.

Lula sofreu alguma sanção por usar dinheiro da Presidência da República para a sua família morar na cobertura 121? Não.

Lula viria a alugar a cobertura 121 com recursos próprios? Dúvida lícita.

Já passou da hora de Lula pagar por alguma coisa.

Faça o primeiro comentário