ACESSE

BOLSONARO SE REUNIU COM PAZUELLO SOMENTE DUAS VEZES

Telegram

Desde que o general Eduardo Pazuello, ainda na ativa do Exército, assumiu como ministro interino da Saúde, Jair Bolsonaro se reuniu com ele somente duas vezes.

Ainda assim, os dois encontros não foram apenas de ambos, para tratar mais detidamente das questões de saúde em meio à pandemia da Covid-19, mas reuniões mais amplas, com a presença de outros ministros.

O Antagonista fez esse levantamento na agenda pública do presidente da República: nos 62 dias em que está à frente do Ministério da Saúde, Pazuello só esteve com Bolsonaro em duas ocasiões, em 19 de maio e em 16 de junho (veja imagens abaixo).

Eventuais videoconferências ou qualquer outro tipo de reunião a distância entre os dois no período, se tivessem ocorrido, deveriam constar na agenda oficial.

Nesse meio tempo, enquanto a pandemia avançava pelo país, Bolsonaro resolvia suas questões pessoais, como a prisão e a soltura de Fabrício Queiroz, tratava das trapalhadas no Ministério da Educação, recebia gente para conversar sobre os inquéritos do STF que miravam seus apoiadores e abria espaço na agenda para acompanhar hasteamento da bandeira e até para se reunir com deputado estadual do PSL.

Na semana passada, quando anunciou que testou positivo para Covid-19, o presidente disse que Pazuello “já deu uma grande contribuição” no Ministério da Saúde. Foi a deixa para o Centrão voltar a se movimentar para tentar conquistar o ministério. Ontem, Bolsonaro foi ao Twitter elogiar o ministro interino, chamado por ele de “predestinado”.

Leia mais: Gilmar Mendes x militares: conheça os bastidores do caso aqui.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 67 comentários