Janaina: “Alterar material apresentado como prova de crime é grave”

Como registramos mais cedo, o Intercept editou tanto os nomes quanto as datas nos arquivos supostamente vazados da Lava Jato.

No Twitter, Janaina Paschoal afirmou neste sábado que “alterar material apresentado como prova de um alegado crime é grave”.

“Pode até caracterizar um crime de verdade.”

Janaina: Ainda falta democracia. Leia aqui

Comentários

  • Tercia -

    A jurista Janaína Paschoal não tem certeza se é crime?

  • Nelson -

    tudo aí é grave.........muito grave.......a começar pelo hackeamento e piora quando é de autoridade........manipular ou editar o que não poderia ser prova por ter sido obtido criminosamente é de

  • Luíza -

    O país das maravilhas!!! Juiz ajudar fazer papel de procurador tbm é crime.

Ler 139 comentários