Janaina: “Não vim aqui atrás de cargo”

Telegram

Janaina Paschoal acabou de discursar na convenção de Jair Bolsonaro e disse que não é possível anunciar, neste momento, que será vice do candidato do PSL.

“Não é possível tomar uma decisão em dois dias para uma parceria de quatro anos. Estamos dialogando (…).

Não vim aqui atrás de cargo. Minha fidelidade não é com um candidato, mas com o meu país.”

A advogada e professora da USP disse também que se levantou contra o PT porque vê o petismo “como um totalitarismo, uma dominação das mentes” e que é preciso tomar cuidado para não “cair na armadilha de virar um PT ao contrário.”

Comentários

  • V. -

    Na verdade, ela deveria ser candidata a presidência! Enfim, tomara que aceite ser vice do cara, aí eu fico mais tranquilo ao votar nele!

  • Edilson -

    Ela já declarou em entrevista anterior que tem viés de esquerda, então eu olho com bastante cuidado e ressalvas essa senhora. Não julgo suas ações na Lava-JAto, pois me parece que ela realmente atuou com retidão e propósito, mas não é só esse episódio que conta a história dela. Cuidado sempre é bom.

  • Chris -

    Opa!, parece que Janaína está caindo na real. Finalmente a professora voltou a enxergar com clareza. Espero que ela pule fora o qto antes pq é uma tremenda caos furada. Bolsonaro não tem nada a perder, mas Janaína pode jogar no lixo toda sua reputação.

Ler 97 comentários