Janio de Freitas é azarado

Janio de Freitas é azarado.

Hoje ele resolveu defender o legado de Dilma Rousseff na Petrobras. E, para defender o legado de Dilma Rousseff na Petrobras, atacou o legado de Lula.

De acordo com Janio de Freitas, os corruptos que saquearam a empresa foram postos em seus cargos por Lula. É verdade. Lula patrocinou a carreira de uma infinidade de corruptos na Petrobras. Alguns deles aparentemente saquearam a empresa para poder financiar a campanha eleitoral de Dilma Rousseff, mas isso não importa. O que importa é que eles foram nomeados por Lula.

Janio de Freitas é tão azarado, porém, que os fatos sempre acabam esculhambando seus argumentos. No mesmo instante em que sua coluna chegava às bancas, o Ministério Público e a PF anunciavam que, na nova fase da Lava Jato, investigavam-se pagamentos de propina ocorridos recentemente, em 2014. Isso mesmo: não no mandato de Lula, e sim no fim do primeiro mandato de Dilma Rousseff.

A imprensa tem um duro desafio pela frente. Quando um jornal chega às bancas, ele já está velho, porque foi produzido no dia anterior. O desafio de Janio de Freitas é ainda mais complicado. Ele não chega às bancas com um dia de atraso – ele chega com aproximadamente 37 anos de atraso.

Tic tac tic tac tic tac tic tac tic tac