Janot ainda é uma vergonha

Assim como dois erros não fazem um acerto, um acerto não cancela um erro.

O fato de Rodrigo Janot ter pedido ao STF para abrir investigação sobre as campanhas de Lula e Dilma Rousseff, com base na delação de Ricardo Pessoa, é um ótimo passo. Mas não elimina a sua recusa vergonhosa de investigar a gráfica VTPB.

Procurador-geral não é caçador de patos, que pode escolher um alvo e descartar outro.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200