Janot ainda não decidiu sobre Augusto Carvalho

Rodrigo Janot ainda não se manifestou sobre o pedido do Ministério Público do Distrito Federal, feito no fim de agosto, para abrir investigação criminal contra Augusto Carvalho, atualmente deputado federal pelo Solidariedade.

Com foro privilegiado, o parlamentar já foi condenado em primeira instância por improbidade administrativa, em 2014. Ele esteve envolvido em um escândalo de um contrato firmado entre o governo do DF e a Real Sociedade Espanhola de Beneficência, sete anos atrás, para administrar um hospital na cidade de Santa Maria, a 25 quilômetros do centro de Brasília. Na época, Carvalho era secretário de Saúde.

A decisão de Janot poderá ser um recado importante para os governos estaduais que pensam em entregar os hospitais públicos aos modelos de gestão de Organizações Sociais, as chamadas OSs.

Faça o primeiro comentário