Janot: “As instituições estão funcionando. As reações têm sido proporcionais”

Rodrigo Janot, há pouco, em discurso durante lançamento de campanha contra a corrupção da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla):

“As instituições estão funcionando. As reações têm sido proporcionais. Como não há escusas para os fatos descobertos, escancaradamente comprovados, a estratégia de defesa não pode ser outra senão tentar desacreditar a figura das pessoas encarregadas do combate à corrupção. Temos que lembrar e fazer saber aos nossos detratores, que não conjugamos dois verbos: retroceder e desistir no combate à corrupção.”

De preferência, longe de um boteco.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Janot está perdido, a cada dia que passa descobrimos novas surpresas relacionadas a seu nome. A mais recente? A última é de que sua briga com Marcelo Miller se deveu a divisão da bufunfa!!!! Que final infeliz, onde será que nosso ex PGR vai parar???

Ler mais 19 comentários
  1. Janot está perdido, a cada dia que passa descobrimos novas surpresas relacionadas a seu nome. A mais recente? A última é de que sua briga com Marcelo Miller se deveu a divisão da bufunfa!!!! Que final infeliz, onde será que nosso ex PGR vai parar???

  2. Se este Sr fosse competente, para dizer o mínimo, quando ficou sabendo das gravações da JBS (as novas), ele deveria ter peticionado ao STF pedindo a suspensão dos benefícios a JBS, pedindo a prisão do Miller/Joesley/Saud e pedindo uma busca e apreensão nas casas e escritórios envolvidos. O que ele fez?? Deu coletiva para alertar os bandidos. SEM COMENTÁRIOS.

  3. A ver!
    Se estão funcionando, a PGR deve muitas explicações. Delator da JBS, Francisco de Assis, confirmou as conversas com procuradores antes das gravações do açougueiro.
    Se estão funcionando, Marcelo Miller tem de explicar sua atuação, ainda como procurador, nas peripécias de Joesley.

  4. 1. Sinceramente, não vejo problema em um PGR conversar com um advogado em lugar público. Obviamente, não é o melhor dos mundos, por carecer de transparencia e gerar especulação, mas a gente não pode engessar a atividade dos operadores do Direito, lhe exigindo formalismo como o agendamento de conversas… Muito menos, devemos criminalizar eventuais conversas fora de expediente e de local. Aquela foto pode dizer muito, como pode não dizer nada. Vai depender da imaginação da pessoa.

    2. Janot, para mim, é uma incógnita, um sorriso de Monalisa, para ser bem clichê. Nunca soube, qual era seu perfil: petista, defensor dos aumentos para o judiciário, amigo de aragão, combatente da corrupção, anti-pmdb, aliado ou inimigo da lava-jato. Talvez, uma simplificação não lhe caia bem. O fato é que, bem ou mal, ele fez muito pelo país. Só o fato de ter sido uma baita pedra no sapato para esses ladrões, já merece aplausos, independentemente de sua posição ideológica.

  5. As instituições não estão funcionando. Elas estão querendo começar a funcionar, graças aos esforços de pessoas sérias que trabalham nelas em cargos que passam longe da chefia de tais instituições.

  6. Concordo com Janot. Acabei de dizer isto no comentário sobre o ataque de Temer à PF! Até aceito que acusem a PGR, que seria um quarto poder, independente, apesar de não concordar. Mas acusar um órgão do governo, como a PF, que é subordinada a um Ministério deste governo?!?! Tudo bem que a PF precisa ser independente, mas ser acusada pelo presidente e outros? Como Lula e seus petistas fazem?!?! Esta gente precisa aprender a se defender. E PONTO!!!

  7. Sim, estão funcionando de acordo com a vontade de alguns, que mentem sobre encontros secretos e nada acontece!
    No Brasil, as instituições continuam funcionando segundo sua conta bancária e seu acesso ao poder.
    O resto é hipocrisia.

  8. No que dependesse de Janot as instituições iriam para o bebeléu, Antagonistas. E por pouco não foram. Mas é perfeitamente compreensível que agora, mais do que nunca – à luz do apoio dado à maracutaia que ele montou para tentar dar um golpe de estado -, vocês queiram dar uma forcinha a ele para ver se livram a cara dele e a de vocês também .