ACESSE

JANOT: "LULA FOI O GRANDE IDEALIZADOR DA ORCRIM"

Telegram

Na denúncia, Rodrigo Janot diz que Lula “foi o grande idealizador da constituição da presente organização criminosa”.

“Na medida em que negociou diretamente com empresas privadas o recebimento de valores para viabilizar sua campanha eleitoral à presidência da República em 2002 mediante o compromisso de usar a máquina pública em favor dos interesses privados deste grupo de empresários.”

E ainda: “Durante sua gestão, não apenas cumpriu com os compromissos assumidos junto a estes, como atuou negociações ilícitas fossem entabiladas como forma de gerar maior arrecadação de propina.”

Lula também estruturou, com Dilma, a manutenção do esquema corrupto, segundo Janot.

“Foi o grande responsável pela coesão do núcleo político da organização criminosa e pela indicação de Dilma como candidata do PT à presidência da República em 2010.”

Bolsonaro conseguirá 'despetizar' a máquina pública? SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • Horácio -

    Tenho que Lula, que teve participação exponencial na ORCRIM, foi um inocente útil nas mãos dos agentes públicos e privados para assalto ao dinheiro público. A sua condição de operário semi-analfabeto foi prato feito para as velhas raposas da política. Usaram-no, e também a Dilma, dando lhes alguns milhões, que perderão logo, logo. Nessa última denúncia do Janot o pedido indenizatório passa de bilhão, daí o confisco será consequência. Tiveram bons momentos por algum tempo, cujo fim está próximo....

  • Giullio -

    O mordedor de fronhas, do fiofó frouxo, arregou e entregou o cara que protegeu durante todo o tempo da PGR.

  • Helder -

    Alô, Globofilmes! Tá na hora de lançar a continuação do filme "Lula, o filho do Brasil". Em forma de documentário e não de fantasia, como foi o primeiro.

Ler 171 comentários