Janot também quer Kibe assado

Rodrigo Janot recomendou ao STF que o lobista Adir Assad, o Kibe, continue preso pela Lava Jato.

“Os elementos expostos revelam que o ora agravante, como responsável por diversas empresas usadas nas operações de branqueamento dos recursos desviados da estatal, tem papel relevante no quadro das organizações criminosas, mostrando-se claramente que, em liberdade, poderá reiterar as condutas ilícitas”, diz o parecer, segundo O Globo.

Agora, o Kibe está nas mãos de Teori Zavascki.

Faça o primeiro comentário