Janot: “União não pode subsidiar os estados”

No STF, Rodrigo Janot acaba de dar parecer contrário à cobrança de juros simples das dívidas dos estados com a União.

“A União não pode captar recursos por índices maiores e depois cobrar menores, ou seja, subsidiar os estados”, disse Janot.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ler mais 25 comentários
    1. Estamos diante de uma situação diferente da que passou o Itamar porque o Collor renunciou, por isso Temer governará com Dilma ainda surtando na sua moradia da depressão. O marketing do golpe levou Temer a se expor, entretanto quem se saiu mal nessa história foi Dilma. Embora tentassem voltar ao passado para reforçar a propaganda e fazer de Dilma um Jango, o que vimos foi a militante descer do helicóptero com sua sacolinha de compras em NY. Tenhamos paciência!

    2. Quem leu a matéria sabe que ele se dizia inteiramente a favor do impeachment e a frase “soa mal veio” em um contexto de Temer não se expor antecipadamente ao resultado. Em momento de desespero as distorções de fala é um oásis para os que sabem estar próximo do fim os seus eleitos.

    3. Não vejo problema. Ele vai esperar para consultar pessoas e formar sua equipe somente depois que a Desgovernada for enxotada? Considerando que o impeachment passe no senado e tenhamos a primeira mulher impeachmada do Brasil, e não sou de contar com nada antes da hora, não faz sentido esperar. O país precisa de certezas e ação rápida.

    4. Toda vez que vejo falar desse Pedro Simon, lembro do desespero dele tentando no último momento, com um ofício do MF nas mãos, apenas com intenções, fazer o plenário do Senado não derrubar a CPMF. Pedro Simon é a CPMF.

    5. Pois eu acho que tem que ser mais discreto,articule mas a exposiçao de nomes agora deve dar margem a critica e talvez a perda de votos, no fogo das vaidades que e o senado,para cada nome ventlado tera alguns senadores que podem ficar agastado e assim votar contra por motivos pessoais, entao e claro que a discriçao e extremamente indispensavel, e a voracidadde dos politicos tem ser evitada e diminuida o maximo possivel pele Temer.

    6. O tão incensado Pedro Simon não era a vestal que se anunciava. Nunca me esqueço de que ele aceitou, de bom grado, compor chave, como candidato à vice-presidência, tendo Antony Garotinho como cabeça. Não tem jeito – quem se mistura com porcos, farelo come.

    7. michel temer nao é simpatico? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk o que dizer da anta entao? mais antipatica que onça com fome e diarréia só é simpatica em dar ministerios para seus amigos guerrilheiros

    8. O problema é que não temos políticos dispostos e patriótas o suficiente para não se preocupar com esses calculos políticos e salvar o país dessa quebradeira… É brochante e revoltado ficamos qnd vemos o país despencar literalmente como a ciclofaixa da morte no rio de janeiro e outros…(viaduto em minas tn despencou) e por ai vai…..mas acho que agora com internet, e noticias circulando de maneira istantanea a coisa esta mudando….A festa acabará pois a verdade nos fortalece e tb nos libertará do julgo da JARARÁCA MOR!! FORA DILMA! FORA LULA! FORA PT! TODOS NA CADEIA

    9. Se tem outro jeito ou não, eu não sei. O que eu sei é que dos nomes avaliados, se a escolha fosse minha, faria assim: Serra na fazenda, Jucá no planejamento e Loyola no BC. Quanto aos demais, Meirelles só se não tivesse outra opção (qq coisa q dê errado ele vai fazer corpo mole pq não pode escolher sua própria equipe), Murilo Portugal não (muito fraco) e Paulo Rabelo apenas se ele concordasse em não participar da articulação política (por isso prefiro Serra). Esqueci alguém?

    10. O que soa mal é deixar que o déficit público continue crescendo a uma taxa de 2 bilhões de reais por dia, isto mesmo, POR DIA!!!!! No momento só um governo Temer conseguiria estancar esta sangria. O tempo de Pedro Simon já passou.