Japonês e hipster desistem de candidatura

Newton Ishii, o japonês da Federal, e Lucas Valença, o hipster da Federal, desistiram de disputar eleições este ano, publica o Estadão.

“Eu acho que esse negócio de política não é pra mim”, disse Valença, que chegou a se filiar ao Novo e cogitou concorrer a uma vaga na Câmara.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 13 comentários
  1. Qualquer servidor da PF poderiam se candidatar, se eleito pelo menos tiraria uma vaga de algum corrupto que poderia se reeleger, um grande ganho para a sociedade. Só não devem se filiar em partido de corruptos infiltrados.

  2. Nem sabia que eram candidatos. Em um pais em que mulheres-fruta acham que podem se candidatar por causa dos atributos que as tornam conhecidas, a candidatura dos dois federais é um avanço civilizatório. Mas não é a competência em um trabalho e relativa fama que transformam alguém em político.

  3. As pessoas boas devem ter coragem de se candidatar, só assim mudaremos o Brasil. O Japonês e o Hipster da Federal deveriam se candidatar, com certeza seriam eleitos.

  4. É um meio extremamente catingudo e tem de ter MUITO ESTOMAGO para aguentar a fedentina.

    O incorruptível Capitao Bolsonaro é um GIGANTE moral! Um país produz apenas um desse a cada 500 anos!