JAQUES WAGNER DESVIOU 82 MILHÕES DE REAIS

Jaques Wagner é acusado de ter desviado 82 milhões de reais no estádio da Fonte Nova.

A delegada Luciana Matutino disse:

“Apesar de não assinar o contrato, [Wagner] mantinha todo o poder decisório. Ele tinha o poder de revisar os custos do contrato, de decidir quem fiscalizava e ainda optou por não revisar os custos, não cobrar das empresas os valores. (…) E designou pra fiscalização uma secretaria que não tinha nenhum know-how pra realizar a fiscalização”.

Comentários

  • Kaofanan -

    Em relação ao Sr. Wagner, isso é apenas a ponta de um iceberg! A PF e o jornalismo sério/investigativo, precisam periciar o histórico/linha de tempo dessa persona não grata, principalmente na década de 80 quando ele era supervisor de manutenção no Pólo Petroquímico de Camaçari-Ba e presidente do Sindiquímica. Analisem a sua trajetória política a partir de 1985, quando aconteceu a greve geral no pólo e o Sr. Emílio Odebrecht teve aquele encontro promissor com o sindicalista Lula na residência do então prefeito Mario Covas em São Paulo. Após essa reunião estava firmada a parceria entre a Odebrecht/PT e a petroquímica nacional começou a pertencer à organização Odebrecht, dando origem à Braskem! O Sr. Wagner tem muito a explicar sobre essas conquistas da Odebrecht. Por exemplo: citando apen

  • alberto -

    Bandido.

  • ANDRE -

    A cura para para o mal da corrupção é cadeia pesada e EXPROPRIAÇÃO TOTAL DOS BENS, DE SUAS FAMÍLIAS E DEVOLUÇÃO DOS HONORÁRIOS PORNOGRÁFICOS POR SEUS ADVOGADOS CONIVENTES...,taca na cadeia esses ladrões e esqueçam os lá e o Brasil voltara a ser um PARAISO, reaja @STFfoficial, PRESSÃO NELES POVO.

Ler 38 comentários