“Jaques Wagner ofende o Poder Judiciário”

Jaques Wagner acusou Sergio Moro de traçar um plano de criminalização da política.

O Antagonista foi ouvir um procurador da República sobre a acusação:

“É extremamente grave e desrespeitosa a declaração do Ministro da Casa Civil. Essa declaração ofende todo o trabalho do MP e todo o Poder Judiciário, que tem confirmado a quase totalidade das decisões do juiz Moro. Não é compatível com o livre funcionamento dos poderes e com a harmonia entre eles que autoridades do Executivo ataquem o Judiciário. Sobretudo com acusação tão grave. Se Sua Excelência tiver alguma prova do que afirma, deve apresentá-la ao ao CNJ. Isso é acusar de prevaricação. A Constituição Federal prevê como crime de responsabilidade atentar contra o livre funcionamento dos Poderes Judiciário e Legislativo.”