JBS pagou Focal no caixa 2 de Dilma

O Globo estampa em manchete que Xepa, a mulher do Feira, afirmou a procuradores da Lava Jato que “a JBS pagou caixa 2 à campanha pela reeleição de Dilma Rousseff. Segundo o relato, a empresa pagou diretamente a dívida do PT com a gráfica Focal Confecção e Comunicação Visual, de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Este pagamento não está declarado à Justiça Eleitoral”.

Sim, a velha e boa Focal, do velho e bom Carlos Cortegoso, tantas vezes mencionada em O Antagonista.

“Segundo Mônica, o então tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, determinava que serviços gráficos de campanha deviam ser concentrados nas empresas de Cortegoso, porque ele aceitava receber os pagamentos depois das campanhas.”

O jornal apurou que a Focal emitiu notas fiscais de serviços para a JBS, sem jamais imprimir nada para a empresa. E que “as notas emitidas para os pagamentos foram entregues pessoalmente na sede da JBS, em SP, por funcionários de Cortegoso.”

O Antagonista insiste para que todas as gráficas da campanha de Dilma — inclusive, claro, a nossa VTPB — sejam investigadas a fundo.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 32 comentários
  1. O q mais se ouve da boca de vagabundos q tramam dia e noite contra a República e a Democracia é exatamente isso, q estão defendendo a Democracia e o Estado de Direito. E seguem destruindo nossas instituições sem dó nem piedade. Não é à toa q o PT fala incessantemente em democracia, mas essa palavra não consta de suas diretrizes.

  2. Uma vez mantida essa decisão em plenário do STF, haverá um precedente para se afastar QUALQUER MEMBRO DO SENADO, CÂMARA, MINISTRO, PRESIDWNTE E VICE-PRESIDENTE DA REPÚBLICA, POR DECISÃO MONOCRÁTICA DE UM MEMBRO DO STF. A OAB devia se manifestar, mas com certeza acovardará frente ao seu antigo desafeto. Acordem, essa decisão a decisão de votaçao no plenário da Câmara é ANTICONSTITUCIONAL.

  3. Pura sofística, Antagonista. Como a justiça restaura o “império da lei”? Pelo cumprimento ou descumprimento da lei? Ou da Carta Magna, mãe de todas as Leis? A Corte Venezuelana também faz uso dessa mesma sofística. Com ela deslegitimou uma ação do Congresso daquela nação que dava liberdade aos presos políticos. Restaurava o “império da lei”? O fim de Teori pode ter sido nobre (ou ressentido). Mas seus meios foram inconstitucionais. Desfizesse a artimanha de Marco Aurélio e Lewandowiski, desmascarando-os, por meio de seu voto constitucional. Não pelo arbítrio. Sobretudo se inconstitucional.

  4. Todo Juiz que, para justificar suas decisões, faz menção a princípios genéricos e abstratos, é uma FRAUDE. A decisão dele fere a CF nos artigos 55 e é 56 da CF, os quias, somente ao plenário da Câmara delgam o poder para SUSPENDER OU CASSAR UM DEPUTADO EM EXERCÍCIO.

  5. “Mesmo que não haja previsão específica, a respeito do afastamento, pela jurisdição criminal, de parlamentares do exercício de seu mandato, ou a imposição do afastamento do Presidente da Câmara dos Deputados quando o seu ocupante venha a ser processado criminalmente, está demonstrado que, no caso, ambas se fazem claramente devidas”. Primeiro ele fala que não há previsão específica na constituição e depois vem com essa de “claramente devidas”. Quer dizer, ele afastou pq ele acha que seja o melhor a ser feito rs. Que piada! A Venezuela é aqui!

  6. O Antagonista é um jornal muito bom pra informações cotidianas, mais de vez em quando caem na conversa mole de qualquer um. O STF tem um processo não mão sobre o Cunha. Pq não julga logo? Não afastam o cara numa decisão monocrática sem previsão na constituição como o PRÓPRIO Teori escreveu no despacho. Não é defender Cunha, tô nem aí pra ele. A questão é o PODER que esse STF está nas mãos e isso é bem perigoso.

  7. – A CORJA pensava que é o ESTADO, o Ladrão Mor o POVO. Agora o Xavaski pensa que é o Império da Lei Estes NARCISISTAS estão passando de TODOS OS LIMITES. TÁ FICANDO MUITO PERIGOSO !!!!!!!!!! –

  8. A “restauração do império da lei” pelo STF está deixando Renan Calheiros à margem da lei. Restauração capenga, está ferindo o princípio da equidade. Suspendam Renan também.

  9. REDAÇÃO G1 “A Constituição não diferencia o parlamentar para privilegiá-lo. […] Afinal, o que se garante é a imunidade, não a impunidade. Essa é incompatível com a Democracia, com a República e com o próprio princípio do Estado de Direito”, diz Teori, citando decisão anterior da ministra do STF Carmen Lúcia.

  10. O Supremo Tribunal Federal cuida mais do PT que do império da lei. Não confio em nada que saia dessa canalha. Basta lembrar que o impedimento teria acontecido bem mais rápido e com menos drama se o STF não entrasse de corpo e alma no jogo para salvar a Dilma. E, claro, para melar a lava-jato. O STF não tem credibilidade, toda vez que interferem temos que temer pelo pior.

  11. TUDO VALE , TODAS AS JURISPRUDENCIAS CABIVEIS …. MAS NUNCA SOBRE ALEGAÇÕES ! AS ALEGALÇÕES TEM QUE SER VALIDADAS , SE NÃO FALSEAREM TORNAM-SE PROVAS , ENTÃO E SOMENTE ENT~´AO, SE APLICA TUDO SOBRE O ATO INFRATOR COMPROVADO ![ LIMINAR SOBRE ALEGAÇÕES INTERVIR NO PODER VIZINHO! É GOLPE ! É INCONSTITUCIONAL ! É ABUSO E VIOLÊNCIA ! Amanhã ALEGA-SE QUALQUER COISA E A INTERVENÇÃO VEM ! Pede desculpas à Nação e à Republica , pede perdão à Constituição !

  12. O fundamento é supimpa , mas o Julgador , o que correto fez , foi se adiantar aos fatos que se consubstanciariam num golpe judicial idealizado pelo Sarmento . Que legal , escola carioca de direito constitucional trabalhando muito para manter os petralhas no poder . Resultado , ficou bom demais pra o Temer , pq: 1. Afastou o Eduardo da Linha sucessória ( mesmo que provisória), sem ter que fazer concessões 2. A rede deu um tiro no pé, pq , as redes midiáticas ,agora , poderão reverberar que a intenção dos melancias era mellar o impeachment também . Xu.pa mulher melancia . XU.pa Xande.

  13. Só acredita nessa conversa quem não é do ramo; e eu sou. É uma intervenção indevida, e ponto! Não há o que Teori justificar, e nem podemos nos aquietar, mesmo que a vítima tenha sido o duvidoso Cunha … bem poderia ser qualquer outro, desde que não andasse na linha dos interesses da corte que, é sabidamente petista … e portanto, avessa ao estado de direito.

  14. TEORI É APENAS UM DOS MINISTROS DA DILMA NO SPTF. ISSO SIM É GOLPE. CADÊ A CELERIDADE COM DILMA,CONTRA ELA VOCÊ ARQUIVA,NÉ VENDIDO. CONTRA RENAN,VOCÊ NÃO FAZ NADA. VOCÊ É UM DOS QUE ENVERGONHA O STF. AGORA TÁ TEN

  15. “restauração do império da lei” Ele disse qual lei estaria supostamente restaurando com essa decisão? Se não disse, então é pura groselha verborrágica.

  16. A PETIÇÃO “ALEGA MÚLTIPLAS TRANSGRESSÕES” ….ALEGAR ELE PODE TUDO…MAS A DECISÃO DEVE SER SOBRE A PROVA !!! LIMINAR SOBRE ALEGAÇÕES PARA INTERVIR NO PODER VIZINHO… NÃO ! ISSO É VIOLÊNCIA À REPUBLICA ! ISSO É INCONSTITUCIONAL ! E O SENHOR É CONTRADITÓRIO ! Vai pra Venezuela Bolivariano !

  17. Eis o que ele disse em bom português: – Dane-se a Constituição, a Lei e o Direito, ninguém vai reclamar desse golpe mesmo, afinal o prejudicado é o Cunha.

  18. REDAÇÃO G1 “Que nenhum dos Poderes da República está acima da Constituição e das leis. Nenhum órgão do Estado – situe-se ele no Poder Judiciário, ou no Poder Executivo, ou no Poder Legislativo – é imune à força da Constituição e ao império das leis”, diz Teori, usando decisão anterior do ministro Celso de Mello.

  19. REDE, de Marina, Lewandowski e Marco Aurélio Mello armaram uma bomba contra o impeachment para hoje a tarde que poderia anular processo de impeachment de Dilma Rousseff. Decisão de Teori pode ter desarmado essa bomba. http://politica.estadao.com.br/blogs/eliane-cantanhede/desarmando-a-bomba/

  20. Rogerio Rosso, foi presidente da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), a mesma empresa que Durval Barbosa também presidiu e que está fortemente associada ao esquema do Mensalão do DEM, deflagrado na Operação Caixa de Pandora