JBS repassou R$ 2 milhões a factoring de Wagner Canhedo

No relatório de inteligência financeira do Coaf, revelado por Veja e também obtido por O Antagonista, há comunicação de repasse de R$ 2 milhões à empresa Pradela Factoring, ligada ao empresário dos transportes Wagner Canhedo Filho.

Canhedo, preso em 2015 por lavagem de dinheiro, associação criminosa e fraude a execuções fiscais, é dono da Viplan – empresa que dominou o transporte público no Distrito Federal por mais de 40 anos.

Além do repasse da JBS, o Coaf destaca dois saques de R$ 3,5 milhões efetuados pela empresa em 7 e 8 de maio de 2013. O órgão suspeita da ausência de vínculo entre as atividades de Canhedo e as da JBS.

4 comentários

  1. Wagner Canhedo Filho é filho de Wagner Canhedo Azevedo, conhecido estelionatário que se envolveu na falência da VASP?

  2. Esse Wagner Canhedo comprou uma fazenda em Itiquira MT,do senhor Andrea Lugli(espolio do senhor Alberto Lugli)a fazenda chamasse Agril,não sei se usou laranja,ano de 2.016.

  3. Não sei se a fiscalização é responsabilidade do Banco Central, Receita Federal, Coaf. Mas no dia que der uma folga e puderem fazer uma operação de fiscalização nessa estrutura chamada
    “FACTORING”,não sobrará muitas para contar a historia. Muitos doleiros se sentirão punguistas de 2ª categoria.

  4. TEM ALGO DE FAMILIAR ?
    http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2013/08/wagner-canhedo-ex-dono-da-vasp-e-preso-em-brasilia.html

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.