JD Consultoria era para pagar ‘blogs sujos’

A Polícia Federal concluiu que os recursos desviados da Petrobras para a JD Consultoria foram usados para pagamento de empregados, despesas de filhos e ex-mulheres, assim como TODA A “GUERRILHA” MIDIÁTICA À ÉPOCA DO JULGAMENTO DO MENSALÃO que visava desqualificar as autoridades.

Um exemplo claro para a PF foi o site Brasil 247, de Leonardo Attuch, que recebeu R$ 120 mil. A única atividade desenvolvida pela JD foi “albergar uma esquadra de jornalistas voltados a polir a imagem do ora investigado e seu grupo político”.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200