ACESSE

Jesuítas acolhem os grevistas de fome do PT

Telegram

Os seis lulistas recrutados pelo MST para a tal greve de fome em nome de Lula “ficarão alojados no Centro Cultural de Brasília (CCB)”, informa o PT.

Fundado em 1975 pelos jesuítas, o espaço serve de ponto de encontro dos mais aguerridos seguidores da Teologia da Libertação.

O lugar é frequentado por gente como Gilberto Carvalho.

No mês passado, Júlio Miragaya, um dos fundadores do PT no DF e candidato do partido ao governo, deu palestra ali sobre “Reforma Tributária Alternativa e Igualdade Social”.

O apoio logístico dessa ala da Igreja Católica aos grevistas de fome do PT não surpreende. O Antagonista lembra que Dom Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, visitou, no fim do ano passado, essa mesma turma que inventou de fazer greve de fome na Câmara contra a reforma da Previdência.

Comentários

  • Celio -

    Mais uma prova da decadência da igreja católica. Enquanto estes padrecos vermelhos abraçam causas como esta, outros seguem praticando a pedofilia em todo o mundo.

  • Uai -

    Clap clap clap clap clap ENQUANTO EXISTIR CAVALO 🐴 disse: 31 de julho de 2018 às 10:47 O PT reclamou das novas leis trabalhistas mas, está terceirizando a greve de fome?

  • Wagner -

    Na verdade é só um clube de comunistas brasileiros (CCB) travestidos de gente para enganar zumbis.

Ler 157 comentários