JN cita outra vez censura à Crusoé

Telegram

O Jornal Nacional está exibindo neste instante uma longa reportagem sobre as operações de busca e apreensão ordenadas hoje por Alexandre de Moraes.

O telejornal mencionou a manifestação de Raquel Dodge determinando o arquivamento do inquérito do STF sobre “fake news” –em cujo âmbito Moraes ordenou tanto a busca e apreensão como a censura a Crusoé e O Antagonista— e a recusa do ministro do Supremo a arquivá-lo.

Levou ao ar também as críticas de Marco Aurélio Mello e de entidades como a OAB e a ANPR às decisões de Moraes. E classificou como censura, novamente, as ações do STF contra os dois sites.

Ouviu ainda Carlos Ayres Britto, ex-presidente do Supremo, que defendeu a decisão de Dodge e a separação entre órgão julgador e órgão investigador.

 

Comentários

  • Alexyevy -

    Antagonistas mitando desde 2015, Mario, tá chique hein, foi na federal, federal depoimento é só pra rico rs rs

  • Antonio -

    Pq sera que os ministros estao se tremendo de medo, o passado de alguns os condenam, um bando de hipocritas, sabem que se ficarem em evidencia serão investigados e a verdade lhes incomodam.

  • Valdo -

    O STF fez pouco deveria mandar prender, por mentir demais!

Ler 97 comentários