JN segue O Antagonista

O Jornal Nacional entrou com tudo no relatório do Departamento de Justiça americano. Citou Lula, Antonio Palocci e Guido Mantega no caso da propina dos R$ 50 milhões da Braskem e também na aprovação da MP 470. Também citou Dilma e João Santana.

Talvez amanhã os demais jornais descubram o caso.