ACESSE

JN suspende sua política de não citar nomes de empresas

Telegram

O Jornal Nacional acaba de anunciar a suspensão temporária de sua política de não citar nomes de empresas –segundo o JN, o objetivo é noticiar iniciativas referentes ao combate à pandemia do novo coronavírus.

Em seguida, foi ao ar uma extensa reportagem sobre a doação de R$ 1 bilhão do Itaú Unibanco para financiar ações contra a doença, além de iniciativas de outros bancos –como Bradesco e Santander– e de empresas como a BRF.

No último dia 3, a Crusoé publicou uma reportagem sobre o apoio que as empresas estavam prestando ao combate contra a Covid-19, intitulada A Hora da Solidariedade, que você pode ler na íntegra aqui (aberta a não-assinantes).

Leia também: O remédio para a pandemia?

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos

Os comentários estão desabilitados