João Alberto foi espancado durante 5 minutos, diz polícia

João Alberto foi espancado durante 5 minutos, diz polícia
Foto: Reprodução

O espancamento que tirou a vida de João Alberto Silveira Freitas no Carrefour em Porto Alegre durou cerca de cinco minutos.

Durante esse tempo, como mostramos, ele recebeu socos e foi imobilizado pelos seguranças, sem que pudesse respirar. Segundo a delegada responsável pelo caso, a análise preliminar aponta morte por asfixia.

Ela disse ainda que a polícia cronometrou desde o momento em que o homem chega ao estacionamento até o momento de sua morte:

“O que chama atenção, além da violência, claro, é o fato de que, nas imagens, os funcionários dizem que se a vítima se acalmasse, seria solta. Mas vemos que ele não tinha nenhuma condição de reagir, não precisava ninguém sobre ele, ninguém custodiando. Ele não conseguia mais oferecer resistência porque nem conseguia respirar.”

 

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 74 comentários
TOPO