Joaquim Levy: "Hoje o BNDES não tem o que esconder"

Joaquim Levy: “Hoje o BNDES não tem o que esconder”
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, anuncia medidas para aumentar a arrecadação de impostos (Wilson Dias/Agência Brasil)

Questionado sobre se ainda existe uma caxa-preta no BNDES — motivo alegado por Jair Bolsonaro para demiti-lo do banco –, Joaquim Levy disse que fez “esforços de sucesso em comunicar tudo o que acontece dentro do BNDES”.

“O BNDES tem a história registrada. Se ouve acidente ou não varia da interpretação de cada um. BNDES tem grau de transparência que poucas instituições têm. As coisas estão abertas no site. A gente tem feito grande esforço de tornar mais fácil de entender. Esse esforço de comunicação tem que melhorar”, afirmou o executivo.

No início da audiência, ele entregou aos deputados da CPI do BNDES um material impresso com a carteira de investimentos do banco, os empréstimos para empresas dentro e fora do país, bem como o que ainda tem a receber.

Reconheceu que “a população conhece menos do que o BNDES faz do que o ideal”, mas que se esforçou para tornar os dados mais fáceis de entender no site oficial do banco.

Por que a Lava Jato deve seguir em frente. SAIBA MAIS AQUI
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO