Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Joaquim Silva e Luna disse que não vai interferir em política de preços da Petrobras

Joaquim Silva e Luna disse que não vai interferir em política de preços da Petrobras
Foto: Alan Santos/ PR

Indicado para comandar a Petrobras, o general Joaquim Silva e Luna disse hoje (22) que não recebeu “recomendação de interferência na política de preços” da companhia.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Silva e Lula declarou: “O presidente não fez qualquer recomendação pra mim com relação a preço, a interferência em política de preço. Até porque, pelo pouco que eu conheço ainda da atividade interna da Petrobras, política de preço é competência da diretoria-executiva, ou seja, é uma vontade coletiva”.

O general complementou: “O momento é sensível, é sensível até com relação à ponta da linha, onde está o caminhoneiro, quem usa o gás. O que está impactando mais é o valor do barril de petróleo no mundo e o próprio valor do câmbio, que já tá alto há algum tempo. A preocupação do presidente é legítima, né. Acho que é de todos nós. Eu diria que ela tá em dois aspectos, pelo que eu percebi: previsibilidade dos preços e o preço do combustível propriamente dito”.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO