Jobim nega ilícitos em negociações com a França

Como testemunha no âmbito da Operação Zelotes, Nelson Jobim relembra as negociações com Nicolas Sarlozy, em 2009, para a compra de caças, o que não se concretizou.

Jobim diz que não viu — nem suspeitou de — qualquer ilícito.

Segundo ele, tudo foi conduzido pelo Ministério da Defesa, embora as questões fossem submetidas a Lula.

“O presidente sabia, era informado de todos os atos.”

 

 

Lava Jato bombardeada. Leia aqui

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 38 comentários
  1. Marechal de campo minado Jobim, no uniforme juvenil de campanha na selva de Brasília, é o elo perdido de ligação entre FHC-Lula. A corrupção das terras brasilis sempre foi sistêmica PSDB-PT.

  2. Jobim, você acha que alguma coisa que foi conduzido por lulla pode ser considerado lícito? lulla tá preso, justamente porque é o maior ladrão da galaxia. Menos, Jobim, menos!

  3. Jobim é o estrategista por traz dos últimos acontecimentos, manipula o judiciário c/ manipulou o q foi escrito na constituição, é o substituto do Márcio Thomaz Bastos, na tática de tudo subver

  4. um fulano que afirma ter colocado uma clausula em nossa constituição que não tinha sido aprovada pelos constituintes vai ter credibilidade para alguma coisa. esse fulano deveria estar preso isso si

  5. Jobim é aquele com pernas de 3 metros e um cérebro do tamanho de uma noz. Acha que somos retardados iguais a ele. Já tinha que ter sido preso por conluio há tempos. Mas isso aqui é brusiu.