Jobim, spin doctor de si próprio

Nelson Jobim já banca o spin doctor de si próprio no Estadão.

Uma reportagem do Estadão o coloca como uma espécie de eminência parda do impeachment, porque deu palestras sobre o assunto a parlamentares experientes.

O advogado informal de empreiteiras do petrolão apenas fez o que sempre faz. Enquanto dava uma no cravo, dava outra na ferradura.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

Ler mais 17 comentários
  1. Pois é, o resto tb merece mudar para uma cela. Aguardo ansiosa a prisão deles, em especial, da primeira dama já que o Pimentel vai demorar um pouco por conta do foro privilegiado.

  2. Se vocês analisarem o edital para a renovação das concessões de linhas de ônibus de quando Pimentel era prefeito, verão que havia a exigência de uma área enorme dentro de BH para garagem e manutenção da frota para tomar parte do processo. Sabendo-se da escassez de grandes terrenos na cidade, não seria mais razoável que essa exigência só fosse cumprida, com um certo prazo, por aqueles que ganhassem a concorrência. O que ocorreu foi a limitação da participação àqueles que já exploravam as linhas e já possuíam os terrenos. Será possível que limitou-se a escolha a financiadores de campanha? Nããão.

  3. O Brasil agradece este site e aos seus brilhantes jornalistas, brasileiros de honra. Sou advogado e viciado neste site. Parabéns e muito obrigado. Minas Gerais vai ficar livre em dose dupla, no âmbito Federal e Estadual. Graças a Deus.

  4. A prisão de gente grossa do governo parece sempre muito $cautelosa$. Como deverá ser o pedido de prisão de um certo ex-presidente que, até poucos dias nada sabia e até ontem era o mais $onesto$? Existe foro privilegiado para quem? Há escala de valores para julgamentos? Aquele é mais ladrão que este? A Petrobrás & Cias.Governistas foram saqueadas por gente fora do governo?